segunda-feira

NA MEMÓRIA QUE APAGAVA

Queria esquecer
o que se foi
sem querer.

Apagar a memória
como borracha
e reiniciar a história.

Mas realizou-se
o inverso do querer
e nele cristalizou-se.

Pois ela estava
no coração e não
na memória que apagava.


Nenhum comentário:

Postar um comentário

Observação: somente um membro deste blog pode postar um comentário.