sexta-feira

LOUCOS E NORMAIS


















Entre os loucos
nem todos são loucos.
Entre os normais
nem todos são normais.


Há muitos loucos
entre os normais.
No meio dos loucos
muitos são normais.


Só tem algo de normal,
se você diferencia.
E já está louco,
se não percebe.


Mas loucos e normais
misturam seus mundos
diuturnamente,
como se fossem um só.


A qual mundo pertenço
eu não sei mais.
Ou se a nenhum pertenço.

Talvez seja aos dois.

domingo

VERBO

Perder,
esquecer,
morrer.
Rejeito.

Viver,
crescer,
prover.
Aceito.

Envolver,
ter,
ser.
Gozar.

É isso.

MINHA SOMBRA





















Briguei com minha sombra
ontem.

Não quero que me siga
por onde vou.
Nem que conte o que digo
por onde vai.


Muito menos
que reproduza meus gestos
como fotografia.

Eu sou diferente,
especial,
único.

A briga foi tão intensa
que nem percebi o sol
desaparecer.

Só aí vi que minha sombra era apenas eu.