segunda-feira

NA MEMÓRIA QUE APAGAVA

Queria esquecer
o que se foi
sem querer.

Apagar a memória
como borracha
e reiniciar a história.

Mas realizou-se
o inverso do querer
e nele cristalizou-se.

Pois ela estava
no coração e não
na memória que apagava.


sexta-feira

LOUCOS E NORMAIS


















Entre os loucos
nem todos são loucos.
Entre os normais
nem todos são normais.


Há muitos loucos
entre os normais.
No meio dos loucos
muitos são normais.


Só tem algo de normal,
se você diferencia.
E já está louco,
se não percebe.


Mas loucos e normais
misturam seus mundos
diuturnamente,
como se fossem um só.


A qual mundo pertenço
eu não sei mais.
Ou se a nenhum pertenço.

Talvez seja aos dois.

domingo

VERBO

Perder,
esquecer,
morrer.
Rejeito.

Viver,
crescer,
prover.
Aceito.

Envolver,
ter,
ser.
Gozar.

É isso.